sábado, 14 de dezembro de 2013

Coração negro






Porque me deixou?
Eu fui até o fundo do posso
Subi até a mais alta montanha
E agora você vai embora

Essa dor é maior
Destruindo minha vontade
De viver, de amar, de chorar
Eu amava cada parte de você
Cada palavra, seu jeito, seu corpo

Se me deixar agora
Não terei mais forças
Eu deitarei no chão frio
E só o desespero me erguerá
Quando isso acontecer
Eu me tornarei seu pesadelo

E se me procurar algum dia
Quando não encontrar esse amor
Que era o mais puro
Encontrará sangue, ódio
Me tornarei seu demônio
E essa união, será a última.

domingo, 8 de dezembro de 2013

Malditas asas




Quebrarei minhas asas
Elas não servem para nada
Além da esperança de te ver
Voando por esses campos malditos
Mas indo até o fim 

O rio de sangue
Floresta dos lamentos
Pântano da morte
Montanhas do desespero
Eu prefiro perecer nesse caminho
Do que não te encontrar

Mesmo que eu voe
Estarei sozinho
Sem sua boca a beijar
Seu corpo a tocar

Eu vou rastejar
Até morrer
Sem asas, sem amor
Você não existe
E logo
Eu também não.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Intocável



Eu sonhei com seu sorriso
Encheu meu coração de esperanças
Você é tão linda
Tão perfeita
Temo que nunca irá olhar para min
Tão triste
Sua pele é como a neve
Tão fria
Tão macia
Preciso Tocar você
Sentir você

Sinto-me tão sozinho
Morto
Meu coração roubou minhas lágrimas
Eu não consigo chorar
Tão secas como minha vontade de viver
Meu anjo
Leve-me
Preciso ir
Antes que a angústia tome conta
E meu mundo deixe de existir

Eu sonhei
Que você me abraçava
Me passava toda sua dor
Eu não queria acordar
Só sentir
Seu beijo
Mesmo que fosse meu último suspiro
Eu diria
Eu te amo.

domingo, 10 de novembro de 2013

Anjo do amor




O mais cruel anjo

dizendo que te ama
sussurra mentiras
criando uma falsa felicidade
anjo do amor
anjo da escuridão


O amor vai destruir seu coração

é só questão de tempo
ate que ele se canse do seu sorriso
e deseje sua condenação
anjo do amor
anjo do desespero


O anjo mais chamado

procurado, reverenciado, suplicado
secando suas lagrimas com laminas
desenhando um sorrido vermelho
anjo do amor
anjo do medo.

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Demais...



Não posso amar assim
É demais

Quero todo o amor
Quero o máximo que eu puder
Até que preencha
Minha alma vazia

Quero seu coração
Meu anjo
Quero sua alma
Seu sorriso

Seja minha
Meu amor
Estou morrendo
Me de seu amor
Me faça viver de novo
Me ame.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Três almas



Dentro de min
Três essências
Lutam por sobrevivência
O palhaço, o inocente e o assassino
O sorriso, a paz e o olhar

O palhaço é caótico
Brinca com a vida
Sorrindo da dor
Sempre feliz e brincalhão
Com flores e facas nas mãos
Mas não para matar

O Inocente é romântico
Beija seu rosto
Recitando poemas
Sempre calmo e sereno
Ele ama e odeia
E vive sonhando

O assassino é frio
Deseja o sangue
Ele dificilmente toma o controle
Dominando ele machuca
Mata de alguma forma
Se banha em sangue.

domingo, 18 de agosto de 2013

Metamorfose



Esse passado é sujo
Eu preciso mudar
Deixar as cicatrizes
Elas apodrecem
Machucam

Se eu pudesse te tocar agora
Eu faria tudo desaparecer
Os cortes desapareceriam
Eu me transformaria

As respostas
Estão no fundo
Desse abismo
Poderia me jogar
E voltar a razão

Mas se eu cair
Não poderei voltar
Prefiro permanecer neste casulo
Fechar os olhos
E quando eu sair
Poderei voar.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Noite fria



Porque não se deita aqui
Pode adormeçer e sonhar
Talvez não queira mais despertar
Cuidarei de você esta noite

Só quero te olhar
Em paz
Tocar seu rosto
Ver seu sorriso

Porque não se entrega
Quero mostrar o que eu sinto
Aqui dentro
Essa dor que nao cessa
Esse peso
De estar sozinho

Só quero te abraçar
Sentir sua pele
Ela é como
O amor deve ser

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Ela





Ela nao está aqui
Ela nunca esteve

Aquela paz era ilusão
Um sonho de mentira
Mesmo que ainda sinta
Os batimentos contra o meu peito
De um coração apaixonado

Ela se virou
Ela se jogou

Pude ouvir sua voz
Anter de acordar
"Venha me encontrar"
Mas nao sei aonde foi
Eu preciso de você

Ela se foi
Ela se foi

quarta-feira, 10 de abril de 2013

O Muro





Posso ouvir seus gritos
Abafados pelo muro
Arranhões e passos
Ecoam em minha mente

O cheiro de sangue
Lagrimas que na posso ver
A vida te abandonou
E me fez culpado
Mas ela não sabe
Que não pode nos separar

Eu sei que esta ai atrás
Isso não é uma ilusão
Um sonho, um chamado
Irá me trazer ate você
Mesmo morto

domingo, 10 de março de 2013

Morto




Estou vazio
Os batimentos ecoam
Numa bacia de sangue puro
Que se prende a cada batida
E solta o sangue coagulado
Se tornando a dor, em minhas veias

Morto por dentro
Podre e desintegrando
Nenhum sentimento
Existe mais

Resta me enterrar
E esperar o chamado
Dos anjos desesperados
Que veem buscar algo novo
O que seria esse corpo?
O corpo morto mas o coração vivo..

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Flor de outono




Não quero te prender
nem te fazer chorar
ou sangrar
só te abraçar
fazer amor
morrer com você

Minha flor de outono
as outras morrem
mas você cresce
me deixe cultivar
amar ate o fim dos dias
deitados no chão frio

Antes que anoiteça
e o vento te leve embora
vou te encontrar
no meio das folhas
as lagrimas das arvores
nesse vale sombrio.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Sussurros




Eu sei que esta ai
atrás do espelho
me chamando
me esperando

Porque me deixou?
segurei suas mãos frias
seus olhos iam se fechando
até que se levantou
e andando na noite
desapareceu ao vento

nunca me deixe
mesmo que não te veja
seus sussurros se mantem
me deixando vivo
em paz