terça-feira, 8 de maio de 2012

Lobo solitário




Quero sentir a noite
mas só consigo sozinho
somente o som
da brisa nas folhas
vão ocupar minha mente
quando fechar os olhos

Mae lua
não deixe que adormeça
quando admiro seu sorriso
mantendo meu coração aquecido
e meu corpo frio esta noite

Estou longe da matilha
espero que nunca me encontrem
uivarei a lua
compartilhando toda essa dor
até que um coração solitário
me encontre nas sombras

6 comentários:

  1. Saudações, Killer.
    Obrigada pela visita em meu blog.
    Já fazia um bom tempo que não atualizava o seu, hein? Rsrs
    Como sempre, belíssimo poema. Perfeito..
    Tenha uma ótima noite..
    Um grande abraço..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lady Lais, obg pela visita
      sim fiquei um tempo sem postar, mas voltei e quero sempre fazer o meu melhor.
      tenha uma ótima noite tbm e outro abraço.. ^^

      Excluir
  2. É um belo poema, achei muito interessante o fato de ser sob o ponto de vista de um Lobo, seria um Lobisomem? Gostei muito dos versos.

    Bjs

    ResponderExcluir