quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Ghostdance





Tão linda
Tão perfeita
Pele branca como a neve
Perfume da mais rara flor

Sinto sua dor
Sinto sua ira
Quero quebrar as correntes
Que fazem seu pulso sangrar
Para que possa me levar
E dançar a dança de ida

Sua presença me assusta
Seu desejo me domina
Seu sussurro me enlouquece
Sua dança me faz sonhar

Vou te dar abrigo
No frio do seu medo
Um sentido inocente
Que te fará sorrir
Então me deixe tocar
Seu rosto quando dançar

6 comentários:

  1. Nossa, a atmosfera deste poema, está tão perfeita quanto a dos outros. Gostei muito e achei coisas em comum com meu espirito, minha história. Mais uma vez, parabéns.

    ResponderExcluir
  2. E mais uma vez pude viajar lendo um de seus lindos textos...
    Me encanto cada vez mais.

    Carpe Noctem~
    http://mohhomes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. até mesmo os simples gestos da pessoa a quem amamos pode ser maiores que uma escola de samba :D...


    Vc e o Cara nos poemas...

    http://alone--again.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Sen palavras pra descrever o que você escreve...

    ResponderExcluir
  5. Eu que não tenho palavras, quero compartilhar tudo o que sinto com vocês sempre.
    Espero sempre que minhas palavras façam sentido a vocês e te ajudem de alguma forma.
    Seja descrevendo um sentimento ou tirando apenas um sorriso.

    Obrigado por estarem comigo ^^

    ResponderExcluir