quinta-feira, 30 de junho de 2011

Depressão




Como um dia, a esperança existiu
Hoje não mais acredito
Já que todas as portas se fecharam
Em todas as direções
Todos os caminhos foram ocultados
Todas as bocas, simplesmente caladas

Já não acredito na dor
Não sinto tal sentimento
Já não acredido no amor
Todos os sorrisos são falsos

Se todos os bens foram lacrados
E todas as pessoas afastadas
Eu quero sucumbir em meu próprio destino
Que não quer abrir mão de mudar
E livrar meus sentimentos
Querer, Saber, Acreditar

Já não acredito em misericórdia
Não mereci nem mesmo entender
Já não acredito em suas palavras
Se eu quiser ilusão, eu fecho meus olhos.

5 comentários:

  1. Já não acredito em suas palavras
    Se eu quiser ilusão, eu fecho meus olhos.

    essa foi otima...

    Abraços Solitarios

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo! Pode-se imaginar, chegar a tal ponto que se acredita mais em nada, e tudo parece acabado... tudo que parece restar é sentar e esperar o fim chegar vivendo a ilusão de olhos fechados, assim como disseste. Adorei!

    Beijo,

    Fallen Angel
    drl-life-essence.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Se fosse para me iludir não precisaria de alguém, não é? >)

    Tem momentos que não terminam, nunca.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o texto...traduz totalmente o título.
    bjs e paz!
    http://guerradosmundosleka.blogspot.com/

    ResponderExcluir