sábado, 9 de abril de 2011

Sonhos Pt. 2




Sonhar e esquecer-se de viver
A diferença entre os mundos
Esta nos sorrisos que existe
E os que se imagina.

Lembro-me de ser romântico
E do seu lado, adormecer sorrindo
Lembro-me de ter o mundo em mãos
E errar como o criador
Lembro-me de ter uma camisa de força
Talvez o mais real sonho.

Lembro-me de ter você por um tempo
E beijar seus lindos lábios
Sentir o cheiro das flores em seu cabelo
Como alguém que chora por ir embora.

Sonhos são verdadeiros poemas
Que existem para amenizar as feridas
E cicatrizá-las para sempre
Mas uma vez, me lembro de morrer...

5 comentários:

  1. Saudações!...
    Vim retribuir sua visita. Aproveitei para dar uma espiadinha pelo seu espaço.. Adorei esta poesia, traduziu bem as ilusões de sonhos tão reais... De um passado que existiu e virou sonho...
    Também gostei daqui.
    Obrigada pela visita!

    Beijos negroS^^


    http://sacerdotisa-gotica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Faço das palavras acima as minhas, belo poema, enquanto vivemos num mundo yão cruel, a única coisa capaz de nos salvar são os sonhos. parabéns.
    Beijinhos sangrentos =]

    ResponderExcluir
  3. Belo poema...adorei o trecho "Sonhos são verdadeiros poemas que existem para amenizar as feridas e cicatrizá-las para sempre"

    Traduz bem, pois muitos poetas escrevem e tem inspirações das muitas feridas que a vida lhes causou.

    bjs!
    http://guerradosmundosleka.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Meus sonhos muitas veses sao reais, eu sinto. Entao se eu tiver que escrever sobre sonhos mais veses, sempre postarei entao, obrigado pelos comentarios. >)

    Beijos negros para Morphyna, Beijos sangrentos para Akashya e Bjs para leka. :)

    ResponderExcluir
  5. Quantos Bjs !!kkk.... agora falando serio : Poema Muito Legal , pura verdade : "!Sonhos são verdadeiros poemas
    Que existem para amenizar as feridas
    E cicatrizá-las para sempre "

    ResponderExcluir