sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Simples amor


De onde vêm essas lagrimas?
Se você tem esse sorriso lindo
Esse amor que enche meu coração de alegria
Porque me esconder o que sente
Se eu posso te curar dessas feridas
Me diga, me beije me ame, te mostro o caminho.

Eu posso ser a simples brisa que bate no seu rosto
Mas que pode te fazer agradecer pelo alivio
De sentir seu coração bater mais forte do que nunca
De ter a confiança de que ele não vai sangrar como antes.

Eu posso te segurar com força
Tenha a certeza de que nada pode te afetar
Nada pode te ferir e fazer você chorar
Pode dançar ao vento, á lua, as estrelas
Que sempre que cair, eu te levanto de novo
E se não puder, eu caio junto com você.

Mesmo que se sinta destruída
Por todos aqueles que te cercam
Saiba que eu to sempre do seu lado
Te levando ao topo, que sempre foi o seu lugar.

3 comentários:

  1. Olá...

    De novo é um imenso prazer ler o que escreves !!!

    Forma lindissima a tua de expressar amor...

    xau xau e tudo de bom.

    ResponderExcluir
  2. adorei esse poema é lindoooooooo!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir